•  
     

Anunciado chip capaz de baixar filmes Blu-ray em menos de um minuto

Imagem

Pesquisadores do Institute of Microelectronics (IME) deixaram a comunidade científica intrigada com o anúncio de um chip de alta velocidade. O instituto, situado em Cingapura, está desenvolvendo chips capazes de transmitir dados a uma velocidade até cem vezes maior do que a encontrada nas redes sem fio atuais.

Levando isso em conta, utilizando o novo chip seria possível baixar três filmes Blu-ray (com cerca de 25 GB cada um) em pouco mais de um minuto via wireless. O objetivo da pesquisa daqui pra frente é encontrar uma maneira de integrar essa nova tecnologia com os dispositivos presentes no mercado como celulares, roteadores e computadores.

Como isso é possível

O chip consegue essas velocidades exorbitantes graças à utilização das chamadas ondas milimétricas. Essas ondas encontram-se na zona espectral entre as ondas de rádio e o infravermelho.

A escolha das ondas milimétricas para o chip se deu principalmente pelo fato de elas serem capazes de atravessar matéria sólida mais facilmente que outros comprimentos de onda. Até pouco tempo, as frequências de onda milimétricas era utilizadas exclusivamente para aplicações militares e espaciais, mas parece que isso está para mudar.

Os frutos de dois anos

De acordo com o professor Dim Kwong-Le, diretor executivo do IME, os dois anos de trabalho árduo e intensa investigação dos pesquisadores foram muito úteis não apenas para tornar a criação do chip possível, mas também por tornar possível uma baixa nos custos desta tecnologia.

Ainda segundo Kwong-Le, foi desenvolvida uma infraestrutura importante para a criação de receptores e transmissores baseados em ondas milimétricas, o que torna possível a produção dos chips de maneira rentável, já que o custo dos materiais necessários é bastante elevado.

O jeito agora é esperar e torcer para que as pesquisas evoluam o mais rápido possível e tornem viável a utilização desta tecnologia pelos usuários comuns. Seria o fim dos cabos e da espera quase eterna para transmitir vídeos e arquivos pesados pela internet.


Imagem


Fonte: baixaki