•  
     

Berlusconi lamenta saída de Ronaldinho do Milan

Ronaldinho Gaúcho ainda não definiu seu futuro, mas já deixa saudades no Milan. Dono do clube italiano, o primeiro-ministro Silvio Berlusconi lamentou nesta terça-feira a saída do astro brasileiro, mas disse entender o desejo dele de voltar a jogar no Brasil.

Apesar de ainda ter contrato com o Milan até junho, Ronaldinho recebeu liberação para negociar com outros clubes. Palmeiras, Flamengo e Grêmio já fizeram propostas oficiais ao jogador, que ainda estuda qual será seu destino - equipes estrangeiras também estão interessadas.

"Sinto por ele estar partindo", afirmou Berlusconi, que sempre foi o maior entusiasta da presença de Ronaldinho no Milan. "Ele continua a ser o maior jogador do mundo no que diz respeito à rapidez de pensamento e execução. Mas sua escolha foi voltar ao Brasil."

Enquanto lamenta a saída de Ronaldinho, que chegou ao Milan em 2008, Berlusconi comemorou a contratação do atacante Cassano. "Ele é o mais talentoso jogador italiano. Teve momentos ruins na carreira, mas aqui terá o ambiente para mostrar suas melhores qualidades", disse.

Fonte: Estadao