•  
     

Câmera que irá gravar e transmitir a Copa do Mundo no Brasil

A Spidercam ou “câmera aranha”, leva esse nome devido o seu formato, será uma das principais atrações que o torcedor verá na Copa do Mundo no Brasil a partir do próximo dia 13 de junho. Operada por controle remoto, ela fica suspensa sobre o campo de jogo, para que sejam captadas imagens aéreas da partida. Ela se move de um lado para o outro e até em sentido vertical, e ainda é capaz de ficar a poucos metros da cabeça dos jogadores. A Fifa autorizou, assim que os árbitros trilarem seus apitos na Copa, que essa câmera fique posicionada a 25 metros do gramado enquanto a bola estiver rolando. A Spidercam pesa 25 quilos e cada unidade custa 350 000 mil euros.

Imagem

Além da câmera em tela, a Fifa autorizou as TV credenciadas para o Mundial de 2014, a instalarem até 40 câmeras em cada estádio da Copa. A orientação da Fifa é no sentido de que cada empresa que adquiriu os direitos de transmissão do evento, instale ao menos 34 câmeras onde acontecerá as partidas.

Algumas ficarão fixas, outras serão montadas em gruas atrás das metas ou sobre trilhos, para que acompanhem os lances das laterais, cuja missão será detectar faltas nas adjacências das laterais e o impedimento. Ainda haverá outras câmeras que circularão com os operadores que acompanharão os repórteres no campo de jogo.

Mas a Fifa preocupada com as recentes manifestações pelo país afora, determinou que dezenas de outras lentes sejam alocadas em locais estratégicos nos estádios onde acontecerão os jogos. As 12 sedes escolhidas pela entidade internacional, estão recebendo um sistema de segurança nunca antes visto no Brasil. Todos os setores, dentro e fora dos estádios, incluindo as arquibancadas, terão câmeras de alta definição postadas para auxiliar e identificar baderneiros ou qualquer acontecimento de relevância. As imagens captadas serão enviadas incontinenti a uma central de onde uma equipe de excelência, se conectará com os órgãos policiais e corpo de bombeiros.

Outra novidade tecnológica que será exibida na Copa do Mundo em território brasileiro, será as câmeras da GoalControl 4D (Alemanha), que terão como objetivo único, auxiliar a arbitragem a dirimir se a bola ultrapassou ou não a linha do gol. Confirmada pela Fifa em 10 de outubro do ano passado, a empresa alemã a exemplo da Copa das Confederações e do recém Mundial de Clubes no Marrocos, utilizará 14 câmeras de alta velocidade (7 em cada meta) conectadas a computadores que fazem a leitura da bola em três dimensões.

A análise é de 500 imagens por segundo, 30 vezes superior ao que o olho humano enxerga. Quase em tempo real (meio segundo depois, segundo a GoalControl), o árbitro receberá em seu relógio ( a palavra gol), ou seja, a informação de que a bola passou a linha de meta na sua plenitude.

A última novidade tecnológica da próxima Copa, estará na face dos torcedores que sentar-se-ão nos camarotes e nas cadeiras dos estádios. O óculos inteligente, que chega ao mercado mundial no primeiro trimestre do ano em curso com o intuito de propiciar ao ser humano uma visão potencializada.

FONTE : http://www.parana-online.com.br/colunistas/291/100667/
 
vai gringa as cameras da copa ! kk