•  
     

Ceni perde pênalti e São Paulo é derrotado pelo Bayern de Munique

Imagem

O São Paulo resistiu bem, mas não conseguiu segurar a pressão do Bayern de Munique nesta quarta-feira, na estreia da equipe na Copa Audi, no Allianz Arena, na cidade alemã. Com gols de Mandzukic, aos 9min, e de Weiser, aos 40min do segundo tempo, o time alemão venceu a partida por 2 a 0 e garantiu sua vaga na final da competição. Além disso, perto do fim do jogo, Ceni teve a chance de diminuir de pênalti, mas Neuer defendeu a cobrança.

Apesar do pênalti perdido, Rogério Ceni está longe de ser o vilão da derrota são-paulina. O goleiro fez ótimas defesas durante a partida e conseguiu evitar que o placar fosse mais largo a favor do Bayern de Munique.

Com o resultado desta quarta-feira, o São Paulo atingiu a marca histórica de 13 partidas consecutivas sem vencer. O time está em situação complicada no Campeonato Brasileiro, e terá o desafio de voltar a vencer para deixar a zona de rebaixamento da competição quando retornar ao país.

Embora tenha ampliado o recorde negativo de jogos sem vencer, a nova derrota não chega a aprofundar a crise no time do Morumbi. Isso porque a equipe voltou a mostrar evolução, principalmente no setor defensivo, já que conseguiu segurar a pressão imposta pelo atual campeão da Europa.

Agora, o São Paulo volta a campo nesta quinta-feira para enfrentar o Milan, que perdeu para o Manchester City nesta quarta por 5 a 3. A equipe inglesa fará a final da competição contra o time alemão, também nesta quinta.

O primeiro tempo foi de ampla superioridade do Bayern de Munique. Foram 16 finalizações, contra somente uma do time tricolor. Os alemães tiveram 64% da posse de bola, diante de 36% dos brasileiros. Mesmo assim, o time paulista conseguiu resistir aos ataques da equipe bávara.

O time comandado por Guardiola jogou durante os primeiros 45 minutos praticamente no campo defensivo do São Paulo. O time criou diversas chances, mas parou nas boas defesas de Rogério Ceni e em arremates de Ribéry e Robben e um milagre de Rafael Tolói, que tirou de cima da linha um chute de Pizarro. Outro complicador foi que o zagueiro Paulo Miranda saiu lesionado logo no início, dando lugar a Edson Silva.

O time do Morumbi, por sua vez, postou-se bem defensivamente. Apesar de pouco ficar com a bola, preenchia os espaços e arriscava um lançamento longo para Aloísio ou Osvaldo. Isolados, no entanto, os atacantes não deram trabalho para a defesa bávara. O único lance em que o São Paulo conseguiu oferecer algum risco foi em um chute de fora da área de Aloísio após ganhar do defensor adversário. No entanto, Neuer fez uma defesa tranquila.

Na segunda etapa, Paulo Autuori fez duas mudanças. Colocou Ganso e Ademilson nos lugares de Osvaldo e Jadson. Logo depois das mexidas, porém, o Bayern abriu o placar, aos 9min. Após cruzamento na área, o zagueiro Edson Silva desviou e a bola sobrou para o atacante Mandzukic completar para o fundo da rede.

Depois disso, ambas as equipes fizeram uma série de substituições, que arrefeceram os ânimos do jogo. Mesmo assim, os alemães chegaram mais perto de ampliar, mas voltaram a parar nas boas defesas de Rogério Ceni. Aos 40min da etapa complementar, no entanto, o time da casa ampliou em um contra-ataque rápido, com Weiser. Logo em seguida, o árbitro marcou um pênalti em cima de Silvinho. Ceni partiu para a cobrança, mas o goleiro alemão Neuer fez a defesa, sacramentando o resultado do jogo.

Fonte
 
o sp é horrivel kkk
 
nao sei porque eles insistem em deixar o rogerio bater penalt .
 
perdeu de pouco até..
#AposentaCeni
#ChupaBambi