•  
     

Como funciona o bungee jumping?

O princípio é muito simples: basta prender uma ponta de um cabo elástico nos pés ou na cintura, fixar a outra ponta em um lugar bem alto e saltar. O mais difícil é ter coragem para encarar essa descarga de adrenalina. Se todos os procedimentos de segurança forem seguidos à risca, a possbilidade de acidentes no bungee jumping é praticamente nula. O problema é que muita gente ainda pratica o esporte sem respeitar normas de segurança. Isso explica a morte em julho deste ano, na cidade de Araguari (MG), de uma menina que se chocou contra o chão após o rompimento da corda que conectava o cabo elástico à ponte de onde ela se atirou. "As pessoas acham que o esporte é perigoso, mas esse foi o primeiro acidente fatal em 300 mil saltos realizados no Brasil", diz o instrutor Maurício Franzão, da Equipe Adrena, que participou da perícia do acidente.



Coração na boca
Para garantir segurança ao saltador, o elástico agüenta um tranco de 12 mil quilos



TORNOZELEIRAS

O cabo elástico normalmente é preso nos tornozelos para evitar que bata no rosto da pessoa durante o salto. Além de tornozeleiras, a pessoa usa uma cadeirinha de alpinismo também ligada ao cabo. Tudo é preso com mosquetões independentes, capazes de segurar trancos de mais de 3 mil quilos



REAÇÃO DO CORPO

Duas sensações são inevitáveis: coração acelerado (causado pela liberação de hormônios como adrenalina e dopamina) e frio na barriga (reação à incapacidade dos órgãos de acompanhar o rápido movimento do corpo). Como reação ao "chacoalhão" e ao sangue acumulado na cabeça, também é comum sentir tontura ao final do salto



ANCORAGEM

A sustentação do cabo elástico é feita por duas cordas (uma principal e uma de segurança), capazes de sustentar 4 mil quilos cada uma. Uma ponta é amarrada em uma estrutura rígida com um nó de alpinismo...

...A outra ponta é ligada ao cabo elástico por um mosquetão de aço com capacidade de 5,4 mil quilos. O acidente fatal em Araguari (MG) aconteceu devido a uma falha nesse sistema: não havia corda de segurança e a principal agüentava apenas mil quilos



CABO ELÁSTICO

É formado por um feixe de fiozinhos elásticos - o cabo para uma pessoa de até 75 quilos tem cerca de 6 mil fios. Por dentro do feixe passa uma fita de náilon capaz de garantir segurança ao saltador mesmo se o elástico arrebentar. Esta fita mais os fios elásticos fazem o cabo agüentar 12 mil quilos



PROTEÇÃO

Em saltos amadores a ponta do cabo é coberta com uma "banana" de espuma para proteger o saltador da estrutura de polipropileno, pela qual passa a alça do cabo. Não por acaso, esta estrutura é chamada de Mike Tyson



TRANCO

Todo mundo imagina que o tranco seja violento, mas, na verdade, a pessoa sente apenas uma pequena parte dele. Uma pessoa de 50 quilos produz um impacto de 1,4 mil quilos no final da queda, mas essa força é quase totalmente amortecida pelo cabo elástico, que tem 200% de elasticidade, ou seja, um cabo de 10 metros fica com 30