•  
     

Cross Fire vs Counter strike global ofensive

CrossFire tem como seu principal atrativo ser um jogo gratuito. Basta realizar o download, instalar, criar um registro fácil e começar a jogar. Com diversas salas sempre disponíveis e pouco tempo de espera por partidas, o jogo tem qualidades suficientes para agradar àqueles que não querem gastar nada para se divertir. Opcionalmente, CrossFire oferece a possibilidade de compra de benefícios com dinheiro real.
Já Counter-Strike: Global Offensive é pago e não é tão barato assim. No Steam, onde é vendido oficialmente pela sua produtora, a Valve, ele custa cerca de R$ 25, preço que supera o das versões originais. Contudo, por conta de seu preço, os jogadores que o compraram terão um jogo mais moderno que CrossFire, com mais funcionalidades e servidores oficiais mais bem trabalhados pela própria Valve.
A batalha dos gráficos
Neste quesito Counter-Strike: Global Offensive leva a melhor por ser um jogo lançado há menos tempo, mas também por conta do trabalho de mestre realizado pela Valve em sua produção. O jogo usa o velho, porém avançado motor gráfico Source, o que garante uma física mais apurada, gráficos bem mais bonitos e cenários mais detalhados. Obviamente, por conta disso, o jogo não vai rodar em PCs mais modestos.

Global Offensive tem belos gráficos
Por outro lado, CrossFire pode ser um pouco mais “feio”, mas isso lhe dá a vantagem de poder ser jogado em computadores mais antigos. O jogo é mais leve do que o Counter-Strike original (versão 1.6) e isso o torna bem mais acessível, não exigindo um PC “top de linha” do usuário.
A vantagem da multiplataforma
Counter-Strike: Global Offensive tem mais uma vantagem neste quesito, já que o jogo está disponível no PC e também em outras plataformas, como Mac, Xbox 360 e até PlayStation 3. Ainda que as plataformas não possuam multiplayer entre si – essa função foi retirada antes do lançamento -, é uma vantagem poder aproveitar seu jogo favorito em outras plataformas, principalmente se seu PC estiver ocupado.
Já CrossFire é um jogo disponível apenas para PC, o que reduz um pouco sua comunidade. Ainda que ele possa ser lançado um dia para outras plataformas similares, como Mac, por enquanto os jogadores ficam limitados a computadores com Windows.
Diferenças e semelhanças de jogabilidade
Em termos de jogabilidade os dois games se parecem bastante. Na verdade, CrossFire leva uma leve vantagem por conta dos modos de jogo extras, que oferecem uma variação aos combates repetitivos. Porém, a base do game é totalmente inspirada pelo Counter-Strike 1.6, então por isso ele se assemelhe bastante ao Global Offensive.

CrossFire tem jogabilidade similar a Counter-Strike
Counter-Strike: Global Offensive, contudo, é uma evolução natural não só de Counter-Strike 1.6, mas também de Counter-Strike: Source, uma versão mais moderna que já havia sido lançada há alguns anos. Mas as melhorias não vão muito além de gráficos e cenários mais bonitos. Uma das coisas mais elogiadas na série sempre foi sua jogabilidade divertida e apurada, por isso a produtora optou por mexer bem pouco neste quesito.
Efeitos sonoros
Counter-Strike: Global Offensive leva também neste quesito, principalmente por ser um jogo que utiliza recursos mais atuais e sons mais realistas. CrossFire, por outro lado, segue o estilo de Counter-Strike 1.6 de perto, com efeitos sonoros um pouco mais antigos e defasados.
Opções de mapas
Counter-Strike: Global Offensive ganha pela quantidade de mapas oficiais. No total, são 16 mapas, entre eles 8 clássicos (derivados de mapas do CS 1.6) e 8 totalmente inéditos. Entre os mapas clássicos temos Aztec, Dust, Dust 2 e Inferno. Isso sem falar nas possíveis modificações, o que aumenta muito o número de opções.

Um dos mapas de CrossFire
CrossFire, por outro lado, conta apenas com 8 mapas oficiais, a metade de Global Offensive, e alguns deles um pouco menos interessantes, justamente por não se inspiraram na concorrência. CrossFire até possui modificações, mas não são tantas quanto em CS e também não são tão populares.
Conclusão
Afinal, qual é o melhor, CrossFire ou Counter-Strike: Global Offensive? A resposta óbvia seria Counter-Strike: Global Offensive, já que é o mais moderno em termos de gráficos, efeitos sonoros, jogabilidade e opções de mapas, mas na verdade os dois possuem atrativos para públicos distintos.
CrossFire, apesar de ter gráficos mais fracos, é gratuito e pode ser jogado até mesmo em PCs mais antigos, o que o torna uma opção para quem quer se divertir sem gastar muito, já que sua comunidade é imensa e há sempre jogadores disponíveis. No final das contas, a escolha depende das características que você esteja buscando em um jogo de tiro online.



Pessoalmente tenho os dois, Mas nada se compara ao counter strike.....
Revista Veja
Última edição por Mix William em 14 jun 2013 17:58, editado 1 vez no total.
 
Crossfire é mt dahorinha velho, pena que é sem recoil aquilo HEUHEUHE
 
Prefiro GO, tem uma qualidade grande de video
 
Coloca a fonte
 
@edit
 
eu ja joguei crossfire só que da muito hack
 
Mensagem Autor
eu ja joguei crossfire só que da muito hack,, prefiro o cs e bem melhor =D