•  
     

Entrevista com o Cogu !!!

Talvez o maior ícone do Counter-Strike brasileiro e, com certeza, um exemplo a ser seguido por sua dedicação, raça e habilidade. Raphael “cogu” Camargo, player do Made in Brazil há muitos anos, deu uma entrevista ao website brasileiro Teamplay e falou sobre sua passagem pela CGS, sobre sua carreira e confirmou que 2009 será seu último ano como profissional.

Leia abaixo algumas perguntas feitas à estrela do MIBR:

Olá cogu! Primeiramente quero agradecer pela oportunidade de você conceder esta entrevista à TEAMPLAY, de começo gostaria saber como você começou no CS, quais times passou até chegar no MiBR, o que faz fora do CS e o que pretende fazer após parar com o CS?
Bom, comecei com o CS jogando com amigos, acho que como todo mundo. Passei por times como g3x, gc e immortal. Nas horas fora do CS eu gosto de jogar poker e passo bastante tempo com a namorada e amigos. Quando parar o CS pretendo continuar a faculdade de administração ou direito, ainda não tenho certeza.

Agora me diga o por que do nick “cogu” em jogo ? De onde surgiu esse nome, você usava algum outro nick antes ou sempre foi o cogu?
O nick veio de quando era pequeno, devia ter uns 7 anos. Eu tinha o cabelo tigela, parecendo um cogumelo. Com o passar do tempo ficou “cogu”. No cs eu sempre joguei com esse nick, só no começo era Cogu’S, mas bem no começo…

Hoje você é um dos maiores ídolos do CS brasileiro, se não for o maior, como você vê tudo isso? E por quanto tempo ainda continuará jogando e fazendo a alegria de muitos que estão sempre te acompanhando por noticias ou até mesmo pelo HLTV das partidas?
Eu sempre lutei muito para chegar aonde cheguei, muito treino, muito tempo de dedicação, e não me arrependo nem um pouco quando olho para trás e vejo tudo o que consegui e construi no mundo do e-sport, mas não foi nada fácil, e agradeço a todos que me acompanharam ou me acompanham até hoje. Acredito que essa seja minha última temporada.

Qual fato te marcou como jogador? Você já se emocionou com alguma vitória ou até mesmo um título no jogo?
Acho que o fato que mais me marcou foi o campeonato da ESWC 2006. A gente nunca tinha chegado perto de ganhar um campeonato, e ganhar aquele, em especial, na França, enquanto o Brasil perdia a semi-final da copa, e todo mundo tirava sarro da gente, chegou com um gostinho mais especial.

Hoje o maior adversário do MiBR no Brasil seria o FG que já venceu vocês em uma oportunidade, recentemente vocês perderam para o brutaLity em um qualify, para você são outros tempos, tempos de renovação no cs brasileiro e de dificuldade para o MiBR, ou o MiBR está apenas guardando suas ttc’s para a hora do “vamo ver” (ou live haha) no WCG ?
Acho que um pouco de tudo. Nós fomos jogar um campeonato sem treinos e é claro, pegamos times que estavam treinando. A gente não escondeu tática em momento algum, eles jogaram melhor e mereceram.

O que você prefere: awp do CS 1.5 ou awp do CS 1.6, e hoje quem seria os seus maiores rivais na awp nacionalmente e internacionalmente ?
Aaaah, prefiro a do CS 1.5, sem dúvida. O delay era menor, e você podia atirar mais rápido.

Cogu você me parece ser na sua, mas na comunidade se comenta que você ja ‘pegou’ alguma(s) jogadora(s) de cs, é verdade? Eu sei que é anti-profissional (risos) mais teria como citar nomes se a resposta for sim?
Hahaha… Eu já tive minha fase, mesmo porque conheci muitas meninas por estarem no mesmo “meio” que eu, mas acho totalmente anti-ético e profissional responder uma pergunta como essa…

O que você pode dizer para os novatos que se espelham em você e tentam trilhar quem sabe o mesmo caminho que você obteve em sua vida profissional.
Cogu: Bom, dedicação, humildade e trabalhar duro. Nunca querendo passar por cima de ninguém, e o mais importante, nunca deixe de estudar, nunca deixe alguém tirar um sonho seu.
Imagem