•  
     

Executivo da Yoki foi decapitado ainda vivo, diz laudo

Imagem
Laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Cotia, cidade da região metropolitana de São Paulo onde foram encontrados pedaços do corpo de Marcos Matsunaga, aponta que o executivo da Yoki foi decapitado quando ainda estava vivo. A informação contradiz a versão apresentada por Elize Araújo Matsunaga, assassina confessa do marido.
 
Nossa a mulher decapitou o cara viv so por causa de uma suposta traição. lol




NUNCA TRAIA SUAS MULHERES!
 
Ai fica a dica /\