•  
     

Google Glass inspira empresa a criar óculos para forças policiais

A empresa Taser International está lançando no mercado um dispositivo que, quando acoplado a um óculos, é capaz de gravar o áudio e o vídeo das ações de policiais. O dispositivo, chamado de Axon Flex, foi inspirados nos óculos inteligentes Google Glass, mas os objetivos na criação do gadget são bem diferentes.

Imagem

O Axon Flex é uma câmera com amplo campo de visão desenvolvida para gravar as ações de policiais de acordo com o seu ponto de vista. Assim que as imagens são gravadas, os vídeos são enviados via bluetooth para smartphones com Android ou iOS e, em seguida, encaminhados através da conexão 3G para um serviço na nuvem da própria Taser, o Evidence. Esse serviço web foi desenvolvido para que os policiais possam baixar e categorizar as suas gravações, podendo até mesmo comprovar fatos relatados nas ocorrências em um tribunal.

Diferentemente do Google Glass, que tem um apelo mais social (compartilhamento de imagens, vídeos, alterações de status e vídeo chamadas), o Axon Flex tem o objetivo de proteger tanto o policial quanto os cidadãos.

Além disso, o dispositivo da Taser tem uma bateria que dura aproximadamente 12 horas, bem como uma câmera com ótima performance em ambientes com pouca luminosidade, comuns no cotidiano policial. É possível que, em poucos anos, essa tecnologia esteja sendo utilizada em massa pelos oficiais da polícia ao redor do mundo.


A Taser é famosa por ter desenvolvido outra tecnologia: as pistolas elétricas. Estas armas, que são muitas vezes chamadas pelo próprio nome da fabricante, são não-letais e funcionam de forma que, ao atingem o alvo, liberam descargas elétricas que causam a imobilização do indivíduo.



fonte
 
Nossa que show, pena que é grande, daí não da pra gravar conversas escondidas !