•  
     

Gremistas são proibidos de entrar no próprio estádio em 1ª final da Arena

arena.jpg



O torcedor do Grêmio que tentou assistir a primeira final da história da Arena, neste domingo, deu com a cara na porta. Por orientação da Brigada Militar, apenas aficionados de Juventude e Botafogo-PB puderam acessar o estádio para o jogo de ida da decisão da Série D do Campeonato Brasileiro.

É bem verdade que o grupo de gremistas que tentou ingressar na Arena era pequeno. Mas mesmo assim desenhou um cenário peculiar: os 'donos da casa' de fora da primeira final do estádio.

"Ridículo. Venderam o ingresso e agora não deixam a gente entrar. Com camisa do Grêmio não entra", disse Gilson Soares, que foi até o estádio com a esposa e ao chegar perto da entrada ouviu a ordem da BM para se retirar.

Além da instrução policial, de acordo com os gremistas a própria torcida do Juventude se mostrava hostil.

"Os caras do Juventude ficavam nos ameaçando. E a Brigada também falou: 'nada de gremista aqui'", relatou outro torcedor do Grêmio. "O Juventude é meu segundo time, vim para apoiar e não vou conseguir", acrescentou.

Com os tíquetes na mão, mas sem conseguir entrar, a saída dos poucos gremistas em volta da Arena foi negociar com os visitantes. Foram vários os casos de torcedores do Juventude comprando ingresso da mão dos 'barrados'.

Entre os que ficaram de fora estava também estava uma colorada. Herodias Lopes foi ao estádio com o marido e um genro, com camisa do Inter. E também não conseguiu entrar.

"Eu sou colorada, mas aprendi com meu pai que é preciso torcer pelo Rio Grande do Sul. Nos venderam o ingresso, mas na hora de entrar não pode? Piada, o futebol está acabado", esbravejou com um chapéu do Juventude na mão.

areba.jpg




Fonte!