•  
     

Justiça rejeita recurso de Breno, jogador vai cumprir PENA EM REGIME FECHADO!

Justiça alemã rejeita recurso de Breno, e jogador terá de cumprir pena na prisão
O jogador brasileiro Breno, condenado a 3 anos e 9 meses de prisão por ter incendiado a casa em que morava, sofreu grave derrota na justiça alemã. O Supremo Tribunal Federal da Alemanha (Bundesgrichtshof) rejeitou nesta terça-feira o recurso impetrado pelo advogado do jogador.

No segundo semestre do ano passado, o Nuremberg FC abriu as portas para que Breno pudesse participar dos treinamentos da equipe, caso conseguisse cumprir sua pena em regime semi-aberto. Em dezembro, seu clube de origem, o São Paulo FC, informou que já tinha contratado o zagueiro. Foi tudo em vão: pelo menos por enquanto, Breno não jogará futebol, mas continuará preso até acabar de cumprir sua pena - está detido há um ano, então tem mais 2 anos e 9 meses no cárcere.

O tribunal confirmou a pena imposta em primeira instância de 3 anos e 9 meses e arquivou o recurso conforme informações prestadas pelo advogado do brasileiro, Stefen Ufer. De acordo com os juízes, Breno de fato estava sob o efeito do álcool e medicamentos antes de incendiar a casa, o que, entretanto, sempre de acordo com o tribunal, não o isenta de responsabilidade no caso. No seu recurso, a defesa havia utilizado o argumento de que o jogador, estando sob o efeito de drogas e medicamentos, não poderia ter sido responsabilizado por seus atos.

O tribunal acaba de rejeitar essa tese e arquivou o caso.


FONTE: http://espn.estadao.com.br/post/306661_ ... -na-prisao
 
ta certo mesmo, ta pensando que lá em Brasil que quem tem dinheiro não fica preso? hahaha se fu, quis dar um golpe na seguradora, vai ficar lá trancado...
 
KKKKKKK menos um jogador no SP
 
braaian Escreveu:ta certo mesmo, ta pensando que lá em Brasil que quem tem dinheiro não fica preso? hahaha se fu, quis dar um golpe na seguradora, vai ficar lá trancado...
/

lá na alemanha ____ ushuahs
pois é não ta facil pra ninguem UAHSUHAS jaja to pondo na minha