•  
     

Killer Instinct para Xbox One

Killer Instinct foi uma das novidades da Microsoft durante E3 2013. O jogo estará disponível no lançamento do Xbox One e será exclusivo para a plataforma. Trata-se de um reboot do clássico de 1996 para o Nintendo 64 em uma versão gratuita e exclusivamente digital. A má notícia é que o game virá apenas com um personagem, Jago, e todo o resto do conteúdo será cobrado, sejam personagens individuais, cenários ou modos de jogo.

Imagem


Existem dois pontos de vista nesse caso: o da Microsoft, que é uma empresa que visa lucros e, portanto, vai definir a estratégia que ela acha melhor para cumprir seus objetivos financeiros. Na outra ponta estão os jogadores, alguns preocupados com o modelo e outros que gostaram e o acharam ótimo.

A Microsoft defende a estratégia adotada em Killer Instinct, usando como argumento o fato de que, em jogos de luta com dezenas de personagens, a maioria dos jogadores sequer usa metade deles, muito menos domina completamente suas habilidades. Diante desse panorama, a empresa quis deixar na mão dos jogadores a escolha de quais lutadores possuir e, claro, pagar.

Entretanto, alguns gamers se mostraram receosos diante da ideia, apontando o risco de se gastar muito mais com os extras do que com o jogo completo. Em resposta, a Double Helix, desenvolvedora do reboot, disse que a versão gratuita será apenas uma demo e que serão lançados pacotes com o jogo completo, mais baratos do que a soma dos valores dos extras.
Franquia a voltar à vida pode se tratar de Killer Instinct (Foto: Reprodução/Rare FanDaBase) (Foto: Franquia a voltar à vida pode se tratar de Killer Instinct (Foto: Reprodução/Rare FanDaBase))Reboot do clássico Killer Instinct de 1996 gera polêmica (Foto: Reprodução/Rare FanDaBase)

Por outro lado, alguns gamers enxergam o modelo com bons olhos e concordam com a Microsoft quanto a liberdade de comprar apenas o que querem. O problema, nesse caso, é como decidir que lutadores adquirir sem ter a possibilidade de testá-los previamente. A empresa não divulgou se será possível realizar estes "test drives"


Fonte
SK.Goldbach