•  
     

Lutador do strikeforce, será investigado por tatuagens nazistas!

Brandon Sailing irá responder a investigação

Uma polemica aconteceu no evento do Strikeforce neste sábado, e pouco foi notado. Apenas por alguns veículos americanos.

Um lutador chamou a atenção, com sua tatuagens com cunho neo-nazista.

Com um número 88 em seu ombro, considerado uma simbologia a famosa expressão alemã "Heil Hitler", e por "White Steel" (Aço branco), que para as pessoas é uma ligação indireta ao número, apesar de não dizer nada.

Brandon, será investigado pela comissão atlética de Ohio, por poder ter ligações com grupos neo-nazistas norte americanos.

Perguntado, através de seu Twitter, Dana White, que estava voltando da Austrália e não sabia de nada, prometeu se informar sobre o assunto.

Scott Coker, CEO do Strikeforce, na coletiva de imprensa, disse que a comissão irá investigar a situação e irá conversar pessoalmente com o atleta.

As tatuagens foram exibidas nas preliminares do Strikeforce, que são exibidas na Showtime Extreme, canal pago americano.

Caso o evento não tomar nenhum providencia, as comunidades internacnionais contra o nazismo, podem processar o evento e até proibir de ser exibido através de liminar judicial.

Para entender o assunto, Neo-Nazis usam o número 88 como um código para representar o slogan Heil Hitler. A letra h é oitava do alfabeto, assim 88 destina-se a repousar durante HH.

O número é por vezes utilizado é um slogan nacionalista branco criado por terrorista condenado David Lane.

Um exemplo de uso do número, e referencia dos nazistas, é um criminoso do holocausto chamado James von Brunn assinou frequentemente seus escritos como "JVB-88." após seus crimes.

O lutador pode ser punido e suspenso e até demitido. E responder a processo judicial, caso sejam comprovadas suas ligações com as organizações.

Brandon já lutou no Bellator e agora está sob contrato do Strikeforce.

Imagem