•  
     

Michael chora com colegas do Flu e diz à família que usou droga em festa

Imagem

A divulgação do teste positivo para cocaína do atacante Michael mudou a rotina do jovem nas Laranjeiras. Habitualmente brincalhão, o jogador do Fluminense, que havia sido convocado à seleção brasileira sub 20, ficou abalado com a descoberta, justamente quando começava a se firmar. Antes do treinamento da última terça-feira, o camisa 27 chorou sentado no vestiário e emocionou alguns companheiros de clube.

Michael chegou ao Fluminense em 2011, após se destacar pelo Rio Preto-SP na edição daquele ano da Copa SP de Juniores. Antes, havia trabalhado como ajudante de pedreiro ao lado do pai Anselmo, em São Francisco de Sales-MG. Foi justamente aos familiares que o jogador recorreu após o baque. Ligou na noite da última segunda para se desculpar e dizer que consumiu a droga durante uma festa.

Antes da atividade da última terça, entre lágrimas, pediu para não ir a campo e ganharia a dispensa. Mas recebeu o apoio dos companheiros e do técnico Abel Braga e participou da atividade.

"Ele [Michael] não queria treinar. Mas eu o chamei e ele entrou chorando em campo. Isso já é uma resposta dele para a sociedade. Acontece na sua casa, na minha... Nesse momento ele pode saber que, mesmo sendo postiço, ganhou um novo pai e 30 novos irmãos", disse o treinador carioca.

Michael treina após confirmação de doping; Flu oferecerá ajuda médica


Imagem

No time profissional do tricolor desde 2012, Michael começou a se firmar nesta temporada, quando virou substituto de Fred no ataque. Anotou três gols na vitória por 3 a 1 sobre o Macaé, na Taça Rio, e viveu uma 'maratona' na mídia. O jogador mora sozinho em um apartamento no bairro de Laranjeiras, próximo ao clube, e é mais próximo dos jovens revelados na base, como Fábio Braga, Marcos Junior, e de Rhayner, contratado no início do ano.

Concentração
Apesar de não ser utilizado contra o Emelec, Michael foi para a concentração do Fluminense com os demais jogadores, em um hotel na zona Sul do Rio de Janeiro. O departamento de futebol quis oferecer apoio ao atleta e não deixá-lo sozinho após a repercussão da notícia. O atacante será suspenso preventivamente por 30 dias e pode pegar até dois anos de punição em julgamento.

O Fluminense irá basear a defesa de Michael no fato do jogador não ter consumido a droga buscando qualquer benefício no rendimento esportivo. Michael disputou 12 jogos com a camisa do tricolor e marcou cinco gols até agora. Após a confirmação da suspensão preventiva, o time das Laranjeiras terá cinco dias úteis para enviar a tese de defesa ao TJD (Tribunal de Justiça Desportiva).


[urlhttp://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2013/05/08/michael-chora-com-colegas-do-flu-e-diz-a-familia-que-usou-droga-em-festa.htm]Fonte[/url]
 
Puts mano que preguisa de ler cara!!
mas o cara tem que se F##E
 
jokamax Escreveu:Puts mano que preguisa de ler cara!!
mas o cara tem que se F##E

Eu não penso da mesma forma que você.

O Cara joga muito,é ___ ainda,ele vai ser um dos futuros jovens da Seleção,torço por ele.

Sobre a coca,é osso,ele não deveria ter feito isso.Mais no momento,em uma feste,vem fala que você nunca uso nada....
 
+Kaique^; Escreveu:
jokamax Escreveu:Puts mano que preguisa de ler cara!!
mas o cara tem que se F##E

Eu não penso da mesma forma que você.

O Cara joga muito,é ___ ainda,ele vai ser um dos futuros jovens da Seleção,torço por ele.

Sobre a coca,é osso,ele não deveria ter feito isso.Mais no momento,em uma feste,vem fala que você nunca uso nada....


Não mesmo, nunca coloquei nem um cigarro na boca. ;)
 
Responsabilidade tem que ter desde sempre...
Vacilao do caralh0, lamentavel isso
 
Cara desse não quer aproveitar a chance que ta tendo =(
 
hum
 
Ak-47 Escreveu:hum

Olha o flod cara voce ja comentou "hum" em varios topicos
 
HUm, nada a fala sobre isto, mais que usa droga uma vez e muito dificil para de usar, e complicado viu. kk