•  
     

MMA

Dono do cinturão dos Médios, o brasileiro Anderson Silva é a atração principal do UFC 153, evento que acontece neste sábado, 13, a partir das 18h, no Rio de Janeiro. Esta será a terceira edição do torneio na capital fluminense, motivo pelo qual também está sendo chamado de UFC Rio 3.
O ídolo brasileiro, porém, não lutará na categoria da qual é especialista. Neste sábado, ele encara o Stephan Bonnar na divisão de cima, a dos Meio-Pesados (até 93 kg). Apesar da mudança, Anderson não deixa de ser o favorito para o combate, que encabeçará um card que traz mais 11 lutas.
Contestando fortemente o clima de "já ganhou", o 'Spider' descarta a possibilidade de uma luta fácil diante do norte-americano, que carrega a temida alcunha de 'Psicopata americano'. "O Bonnar é um grande lutador e acho que faremos uma grande luta para todo o público brasileiro", disse o campeão, que afastou qualquer possibilidade de aliviar nos golpes para que o duelo não acabe rápido. "Bater fraco? Jamais! Vou bater forte do mesmo jeito que ele vai me bater", disparou.Apesar do apelido tenebroso, Bonnar é considerado um lutador mediano no circuito dos combates. Em 21 lutas, venceu 14 (sendo metade delas por finalização). Com o desafio de derrubar Anderson Silva - dono de um invejável cartel de 32 vitória em 36 lutas e dez defesas de cinturão nos médios -, Bonnar se apega até na superstição e na numerologia (observando o fato da luta ser na data 13).
"O número 13 é bem interessante. O 1 significa algo espetacular, que é o que realmente vou precisar na luta, e o 3 me faz lembrar de um dos meus filmes favoritos, o Rocky III", disse. "É uma grande oportunidade, não sou o cara com grande sorte, mas algumas vezes uma grande oportunidade aparece e você tem de aproveitar. Vou entrar para vencer", completou o norte-americano.
Veterano de volta - O retorno do baiano Rodrigo Minotauro, 36 anos, também é um dos momentos mais aguardados do UFC Rio 3. Considerado um dos ídolos históricos do torneio, o Peso-Pesado de Vitória da Conquista está há cerca de 10 meses parado após fraturar o úmero em sua última luta, quando perdeu para Frank Mir em dezembro do ano passado. Seu adversário deste sábado será o norte-americano Dave Herman, oito anos mais jovem.
Ainda no card principal, dois combates envolvendo promessas do MMA nacional: Erick Silva encara o norte-americano Jon Fitch pelos Meio-Médios, enquanto Glover Teixeira enfrenta o também brasileiro Fábio Maldonado pelos Meio-Pesados. Erick e Glover são considerados desafiantes certos no futuro para os campeões das suas categorias, respectivamente, Georges St. Pierre e Jon Jones.
 
cade a fonte
 
vo le isso tudo ae não '-'
 
Marcelo:^ Escreveu:vo le isso tudo ae não '-'


kkkkk
 
Legal , mais porque o numero 13 é importante ? . Cade a fonte ?
 
E pra ler tudo isso em? #Preguiça '-'
 
Marcelo:^ Escreveu:vo le isso tudo ae não '-'

e 2
 
fonte? só fala quem vai lutar no UFC RIO 3...

Luta entre Erick Silva e St Pierre vai ser meio dificil, se st. pierre continua se lesionando assim mano, ele vai ser cortado, pow o cara não luta desde abril de 2011 a categoria praticamente tá parada, é a categoria mais entediante que tem...
 
cade a fonte -' kk !
 
M47EU5 Escreveu:
Marcelo:^ Escreveu:vo le isso tudo ae não '-'

e 2

3 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk