•  
     

Morte na Bolívia causa comoção e choro entre apresentadores de TV, que pedem eliminação do Corinthians

Imagem

A morte do adolescente boliviano Kevin Beltran Espada no jogo entre San Jose Oruro e Corinthians na última quarta-feira foi recebida com indignação pelos programas esportivos da televisão brasileira. Teve até apresentador que desabou no choro em plena transmissão. Outros foram enfáticos em defender a eliminação do time paulista da Copa Libertadores.

Renata Fan e Denilson, no Jogo Aberto da Band, criticaram esse tipo de repercussão. Para eles, não é conveniente se preocupar com futebol neste momento. Ela fez um desabafo emocionado: “As pessoas deturparam há tanto tempo o espírito do futebol… Ser fanático não dá o direito de ir ao estádio levando esse tipo de coisa e assumindo o risco de matar, de ferir, de ofender”.

No mesmo programa, o comentarista Denilson também chorou copiosamente em frente às câmeras: “É um ser humano, minha gente! Esquece paixão de clube nesse momento! Onde está o valor da vida? Não estou falando isso para dar audiência, nada disso, nem para defender a emissora. É a vida de um ser humano”.



A ideia da possível exclusão do Corinthians da Libertadores foi defendida com mais ênfase pelo apresentador André Rizek, do Redação Sportv, que se apresentou às câmeras em estado de visível abatimento e admitiu que não estava bem.

“Estou de luto. Fiquei estarrecido pelo que aconteceu ontem. Confesso que foi difícil vir aqui trabalhar, conseguir ânimo”, revelou Rizek na abertura do programa. “Caso seja confirmado que o disparou saiu da torcida do Corinthians, não vejo outra alternativa que não seja a eliminação do time na competição”, acrescentou.

Essa posição também foi defendida por Tiago Leifert, âncora do Globo Esporte em São Paulo: “Acho que todos nós estamos envergonhados como brasileiros. Em 1985, houve um problema em uma decisão entre Liverpool e Juventus, e a Uefa decidiu suspender todos os times ingleses por cinco anos. A Conmebol não tem um histórico de punições severas, mas estamos todos torcendo para que o torcedor e também o Corinthians sejam punidos e sirvam de exemplo”.


Fonte: Uol
 
Quem não conseguir abrir o vídeo ai está o link: http://mais.uol.com.br/view/hpekq03k3r0 ... 6?types=A&
 
Fanatimismo não é bom para nada!
Sempre causa guerras, pequenas ou grandes, mas sempre morre alguém!
Triste !
 
Lamentável...

espero que a familia tenha força pra superar isso... mas vai ficar marcado pra sempre
 
coitado do cara
 
Tirar aa vida de alguém é uma coisa inaceitavel !
As pessoas usam o fanatismo para justificar as brigas em jogos, os pichamentos de muros e ainda gritam EU SOU CORINTHIANS.

RI-DI-CU-LO, perdeu - se ali uma vida, eu ja perdi avó e primo, sei a dor que é isso, agora pensa esse pai e essa mae perder o filho com 14 anos ?
PENSA o pai, que foi provavelmente a pessoa que levou o garoto ao estadio, o REMORSO que esta sentindo, é algo sem explicação.
Parte disso é culpa da policia de liberar a entrada com esses artefatos, porem, para a policia fazer isso, teve que as pessoas levarem primeiro o artefato, ou seja, a culpa é dos bandidos que se travestem de torcedores, tem que punir, caso algum dia essa pessoa que matou esse garoto perca um ente querido em circunstâncias parecidas, ele verá o que é a dor, e vamos ver se ele vai gritar VAI CORINTHIANS como vi muitos corinthianos RINDO desse acontecimento.
Lamentavel !

Força para a familia desse garoto
 
SonyVOXX Escreveu:Tirar aa vida de alguém é uma coisa inaceitavel !
As pessoas usam o fanatismo para justificar as brigas em jogos, os pichamentos de muros e ainda gritam EU SOU CORINTHIANS.

RI-DI-CU-LO, perdeu - se ali uma vida, eu ja perdi avó e primo, sei a dor que é isso, agora pensa esse pai e essa mae perder o filho com 14 anos ?
PENSA o pai, que foi provavelmente a pessoa que levou o garoto ao estadio, o REMORSO que esta sentindo, é algo sem explicação.
Parte disso é culpa da policia de liberar a entrada com esses artefatos, porem, para a policia fazer isso, teve que as pessoas levarem primeiro o artefato, ou seja, a culpa é dos bandidos que se travestem de torcedores, tem que punir, caso algum dia essa pessoa que matou esse garoto perca um ente querido em circunstâncias parecidas, ele verá o que é a dor, e vamos ver se ele vai gritar VAI CORINTHIANS como vi muitos corinthianos RINDO desse acontecimento.
Lamentavel !

Força para a familia desse garoto


Falou tudo maninho!
Tirar a vida de alguém, tanto faz as crenças que as pessoas seguiam, não deve ser aceito em lugar nenhum!