•  
     

Nei Pandolfo diz que ficou surpreso com convite do Santos para ser gerente

SANTOS - Apresentado oficialmente nesta terça-feira como novo gerente de Futebol do Santos, Nei Pandolfo admitiu que ficou surpreso com o convite da diretoria. O ex-jogador vai substituir Jamelli, demitido no final de dezembro após se desentender com a diretoria por conta de divergências nas últimas contratações, como as do lateral-direito Jonathan e do volante Charles.

Ex-jogador, Nei Pandolfo já foi zagueiro do próprio Santos entre 1992 e 1993. E também trabalhou como auxiliar técnico de Vanderlei Luxemburgo no clube em 2006, 2007 e 2009.

"Fiquei surpreso. Era uma situação nova, mas que já tinha passado pela minha cabeça. Me considero qualificado, vamos aprendendo com o dia-a-dia. É um grande prazer retornar ao Santos, uma equipe vencedora que vem de uma temporada maravilhosa. Espero contribuir com a minha experiência e vivência de 25 anos de futebol para que o Santos tenha um ano mais vitorioso ainda", afirmou.

Nei Pandolfo minimizou o fato deste ser o seu primeiro trabalho como dirigente e garantiu ter conhecimento das funções que irá desempenhar. "Experiência se acumula desde o início da carreira. Mesmo quando jogava, eu tinha este perfil de negociar com a diretoria. Quando parei de jogar, comecei a trabalhar na administração do Bragantino, onde exerci várias funções fora de campo. Nos últimos quatro anos, trabalhei como auxiliar técnico, função também acaba sendo um tipo de gerenciamento de jogadores", disse.

Fonte: Estadao