•  
     

Notícias » Brasil » Brasil Chefe da Casa Civil de Salvador renuncia um dia após assumir

O vereador Alfredo Mangueira (PMDB) renunciou na manhã desta quarta-feira ao cargo de chefe da Casa Civil da prefeitura de Salvador. Segundo Mangueira, que nunca escondeu sua ligação com a Paratodos, controladora do jogo do bicho na Bahia, a renúncia ocorreu por entender que "a inexistência de autonomia para o Titular do Cargo impede o exercício sério, pleno, transparente e competente da função".

A nomeação havia gerado críticas por parte da oposição à administração do prefeito João Henrique (PMDB). Mangueira renunciou por meio de carta enviada ao prefeito. A nomeação havia sido publicada na terça-feira no Diário Oficial do município.

Esta não é primeira vez que o vereador desiste de um cargo. Em 2009, ele renunciou ao posto de presidente da Câmara Municipal de Salvador, oito dias após assumir a presidência, por questões pessoais. Nos bastidores, comentava-se que a desistência seria fruto de um pedido dos banqueiros do bicho, incomodados com a visibilidade do cargo.

Na terça-feira, o prefeito trocou seis dos 11 secretários municipais. Ele afirmou que as mudanças devem trazer melhorias para a gestão. Os comentários no meio político, no entanto, dão conta que as alterações têm o objetivo de garantir apoio para aprovar as contas na Câmara de Vereadores, reprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios.

Fonte: Terra