•  
     

Nova tecnologia de recarga de bateria sem fios tenta atrair os consumidores.

Imagem

Várias empresas estão anunciando durante a CES 2014 produtos baseados na tecnologia de transferência ressonante de energia, um sistema de recarga sem fios que permitirá recargas a maiores distâncias, ou de vários aparelhos ao mesmo tempo.

A tecnologia de recarga sem fios já está no mercado há algum tempo, mas até o momento não teve muito sucesso entre os consumidores. Mas empresas como a ConvenientPower, MediaTek, PowerByProxy e WiTricity esperam mudar isso com a introdução de sistemas muito mais flexíveis do que os atuais sistemas por indução.

De certa forma os sistemas ressonantes são similares aos indutivos, com uma bobina primária (no carregador) que transfere uma carga elétrica para uma bobina secundária (no dispositivo). Mas no sistema indutivo as bobinas tem de estar precisamente alinhadas, o que não é necessário em um sistema ressonante. Além disso, de acordo com um white paper publicado pela MediaTek, várias bobinas secundárias podem obter energia de uma única bobina primária.

A WiTricity planeja oferecer seu sistema ressonante de carga como um “design de referência” e plataforma de desenvolvimento para os fabricantes de dispositivos móveis, de acessórios e até mesmo de móveis. O sistema foi inicialmente projetado para funcionar no iPhone 5 e 5S, e é baseado em um “case” onde o smartphone é acoplado e uma base.

A base pode carregar dois smartphones ao mesmo tempo, e ser colocada sobre a mesa em pé, deitada ou até mesmo escondida debaixo dela, segundo a WiTricity. Nesse caso os usuários ficam livres da bagunça causada por cabos e aparelhos sobre a mesa.

A ConvenientPower, por sua vez, está anunciando o WoW Z, que segundo a empresa é o primeiro sistema ressonante capaz de recarregar smartphones compatíveis com a tecnologia Qi, como o Lumia 820, Lumia 920, Nexus 4, Nexus 5 e muitos outros. O sistema funciona a distâncias de até 18 mm do aparelho, três vezes mais que as soluções atuais compatíveis com Qi, e com eficiência de 65%.

O padrão Qi foi desenvolvido pelo Wireless Power Consortium (WPC) e tem o apoio de fabricantes de smartphones como a HTC, LG Electronics, Nokia e Samsung.

A fabricante de chips MediaTek apóia tanto a WPC quando a PMA (Power Matters Alliance), e na CES está demonstrando um receptor multimodo que funciona tanto com carregamento ressonante quanto indutivo. O apoio da MediaTek abre o caminho para a inclusão da tecnologia em smartphones de baixo custo, principal segmento onde a empresa atua.

Mas uma coisa que os fabricantes não estão dizendo é quando os produtos baseados na tecnologia de transferência ressonante de energia irão chegar aos consumidores. Eles ainda estão em desenvolvimento, e podem ter os problemas tipicamente associados a uma nova tecnologia. Mas os benefícios prometidos podem levá-la ao sucesso, diz a MediaTek.

Como sempre apple na frente hueheuhe

FONTE : http://pcworld.uol.com.br/noticias/2014 ... sumidores/