•  
     

O mundo não deve acabar em 2012: a conversão do calendário maia pode estar incorreta.

Imagem


Se você acredita que o mundo vai acabar em 2012, é hora de começar a repensar suas ideias. Os temores apocalípticos de que o mundo chegará ao fim em 2012 se baseiam no fato de que o calendário maia termina em 2012, da mesma forma que o nosso ano termina em 31 de dezembro, por exemplo.
Porém, uma nova crítica publicada em um livro afirma que o calendário dos maias pode não terminar em 21 de dezembro de 2012, e, por consequência, o mundo também não. E se o calendário não termina em dezembro de 2012, ninguém sabe quando ele realmente termina – ou se já não terminou.
O calendário maia foi convertido para o calendário gregoriano atual através de um cálculo chamado GMT constante, nomeado pelas siglas dos três últimos pesquisadores maias. Grande parte do trabalho deles fixou datas recuperadas de documentos coloniais que foram escritos na língua maia em alfabeto latino.
Mais tarde, o GMT constante foi reforçado por um linguista e antropólogo americano que utilizou dados de uma tabela de Vênus (espécie de calendário maia), um almanaque que projeta datas relativas aos movimentos de Vênus.
Com esses estudos, os pesquisadores acreditaram ter bastante certeza do cálculo do GMT constante.
Agora, o livro argumenta que as conversões aceitas de datas do calendário maia para o calendário moderno podem estar erradas em cerca de 50 ou 100 anos. Isso mudaria o suposto e exagerado apocalipse de 2012 para décadas à frente, ou para décadas à trás, além de por em dúvida datas de eventos históricos da civilização maia.
Segundo o autor da crítica, o trabalho de conversão realizado até agora está longe de ser irrefutável. No livro, ele explica porque a aceitação da tabela de Vênus depende da confiabilidade dos dados que corrobora, e afirma que os dados históricos são ainda menos confiáveis do que a própria tabela, e tudo isso põe em dúvida as datas maias estabelecidas.
O autor não tem nenhuma resposta quanto ao que seria a conversão correta do calendário, preferindo concentrar-se nas razões pelas quais a interpretação de datas atual pode estar errada. Ou seja, qual a data certa do fim do mundo, ninguém sabe, mas podemos ficar tranquilos – não parece ser em 2012.


Fonte: LiveScience
 
O MUNDO NAO ACABO KKK