•  
     

Optimus G e LG G2: veja o que mudou no smartphone top de linha da LG.

O Optimus G chegou ao mercado brasileiro em meados de abril deste ano, mas quatro meses depois a LG já anunciou o seu sucessor, o G2. E há muitas diferenças entre os gadgets. Por isso, o TechTudo tenta responder à pergunta: será que ainda vale investir no Optimus G após o lançamento do G2?

Imagem

Dois pontos importantes são: ainda não foram anunciados preço ou data de lançamento do G2. Um comunicado de uma operadora de telefonia norte-americana enviado para os jornalistas diz que estas informações serão divulgadas “nas próximas semanas”, ou seja, ele deve chegar, pelo menos por lá, no máximo em setembro. A posição oficial dá LG dá conta de que o G2 será lançado em 130 operadoras nas próximas oito semanas, começando na Coreia do Sul e depois América do Norte, Europa e outros mercados chave.

Na conferência de apresentação do G2, os executivos da LG destacaram que ele vai ser lançado em uma variedade de países, mas não citaram nominalmente e nem disseram se os lançamentos serão simultâneos. Portanto, para quem está buscando um aparelho agora, neste exato momento, o G2 ainda é uma realidade relativamente distante, ainda mais se for levada em consideração a demora do Optimus G para chegar ao país. Ele foi anunciado internacionalmente sete meses antes de começar a ser vendido no Brasil. A expectativa, claro, é de que isso não se repita, mas não há dúvidas de que a possibilidade não está descartada.


Imagem

Deixando estas possibilidades de lado e falando apenas de especificações técnicas, há uma claríssima diferença entre o Optimus G e o LG G2. Afinal, um é da geração 2012 e outro sai no terceiro trimestre de 2013. E, se em alguns novos tops de linha não existem tantas alterações para seus antecessores, nesta linha as mudanças são bem grandes.

Especificações muito mais avançadas

O LG Optimus G possui tela de 4,7 polegadas (768 x 1280 pixels), revestida com vidro Gorilla Glass, Android 4.1.2 Jelly Bean, processador quad-core de 1,5 GHz, 2 GB RAM, bateria Li-Po de 2.100 mAh, além de câmeras traseira e frontal com 13 e 1,3 megapixels, respectivamente. Quando lançado, o aparelho chegou por R$ 1.999, mas já é possível encontrá-lo na casa dos R$ 1.300.

O G2, por sua vez, tem display de 5,2 polegadas Full HD (1080 x 1920 pixels), também com Gorilla Glass, e 423 ppi, Android 4.2.2 Jelly Bean, e é o primeiro aparelho a ter um processador quad-core Snapdragon 800, da Qualcomm. A RAM é de 2 GB, sua bateria tem 3.000 mAh, e as câmeras são de 13 e 2,1 megapixels, respectivamente.

Ou seja, o G2 é bem mais avançado em tudo: a tela é muito melhor, o processador tem capacidade bem maior, além de uma bateria mais duradoura e de uma câmera que faz fotos com a tecnologia de estabilização óptica de imagem e ótimas fotos com baixa luz. Isso sem falar nos seus recursos extras.

Entre as novidades estão uma funcionalidade que faz atender o telefone somente com a aproximação dele do ouvido, e outra que o transforma em um controle remoto universal. No entanto, para aproveitar tudo isso no Brasil ainda será preciso esperar um pouco. Se você tem tempo e está preparado para investir bem, vale aguardar.


Imagem

Fonte.
 
Manheeee eu quero um hueheuhe
 
Funky Escreveu:Manheeee eu quero um hueheuhe


KKKKKKKKKKKKK
eu tbm quelo mamãe :icon_lol: :icon_lol: ^^