•  
     

Oscar aparece no BID, mas Inter ainda não confirma meia na final

Jogador não atua desde o dia 17 de março, quando participou da goleada sobre o Juventude por 7 a 0 no Beira-Rio

Imagem

Enfim, Oscar poderá voltar a atuar com a camisa do Inter. Depois de receber um habeas corpus do Tribunal Superior do Trabalho (TST) para atuar onde desejar, o meia teve seu nome novamente inscrito nesta sexta-feira no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF como jogador colorado. Agora, os advogados do clube aguardam para confirmar se o contrato antigo do atleta foi reativado, o que daria condições para que o jogador enfrente o Caxias neste domingo, na primeira partida da final do Campeonato Gaúcho. Um novo vínculo empregatício impossibilitaria a presença do meia.
- Ainda não podemos confirmar se o Oscar poderá atuar no domingo - afirmou o advogado do Inter, Rogério Pastl.

Logo depois da confirmação da inscrição do meia, o vice de futebol do Inter, Luís Anápio Gomes, comentou a decisão:

- Foi o cumprimento da vitória. É um absurdo não ter colocado antes. É a reativação do antigo contrato. Obviamente que consultaremos a Federação e a CBF para não corrermos nenhum risco ao escalar o atleta na final - disse.

Antes mesmo de estar regularizado no BID, Oscar já demonstrava alegria com a decisão do TST. O camisa 16 garantiu que não perdeu ritmo de jogo, mesmo sem poder jogar há quase dois meses pelo Inter.
- O Dorival Júnior sabe que eu vinha treinando bem, muito forte. Estou à disposição. Tanto para este jogo (contra o Caxias) quanto diante do Fluminense – afirmou o meia em entrevista à Rádio Gaúcha.
Na manhã da última quarta-feira, enquanto ainda aguardava a sua reinscrição, Oscar treinou entre os titulares no coletivo promovido por Dorival. Agora, o desejo do meia é recuperar espaço no Inter para atrair novamente os olhares de Mano Menezes e ser convocado para as Olimpíadas de Londres.
- Não cheguei a temer ficar fora da temporada, mas não esperava ficar um mês e meio parado. Gostaria de estar ajudando. Eu estava triste também pela Seleção, não queria ficar mais esse tempo parado. Quero ir para as Olimpíadas. Voltando a jogar, tenho grandes chances de ir.