•  
     

[Quimica] PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE

PRESERVANDO O AMBIENTE AQUÁTICO


A preservação do meio ambiente é importante tanto para os animais (espécies) quanto para o homem. Os mangues no Brasil, por exemplo, são ecossistemas de transição entre a terra e o mar. Suas águas são ricas em sais minerais e matéria orgânica. Porém a poluição vem destruindo nossos manguezais.
Esta poluição é causada por esgotos jogados nos mangues, navios e indústrias petroquímicas, etc.
Devemos ter consciência que a relação entre os seres vivos entre si e com o ambiente permite a sobrevivência das espécies e que os ecossistemas precisam estar em equilíbrio dinâmico para que possam oferecer boas condições ao desenvolvimento da vida.

Uma das causas da depredação do meio ambiente é o derramamento de petróleo no mar.
O petróleo flutua na água porque é menos denso que a água, formando uma camada que impede a penetração de gás oxigênio e de luz do Sol. Sem oxigênio, os peixes morrem e sem luz solar, as plantas não realizam a fotossíntese. E animais também não conseguem se alimentar de algas flutuantes (maiores fornecedoras de oxigênio para o nosso planeta).
O petróleo também gruda nas brânquias dos peixes, matando-os por asfixia (falta de oxigênio) e ainda gruda nas penas das aves que se alimentam de peixes, impedindo que possam voar.
Então o petróleo derramado no mar compromete a cadeia alimentar da vida aquática e a oxigenação da água.
index_clip_image002.jpg
index_clip_image002.jpg (10.23 KiB) Visto 769 vezes

O óleo também é jogado ao mar por barcos, assim como o petróleo.

Outro agente causador da poluição são os detergentes, que formam uma espuma branca sobre as águas. È comum ouvirmos chamar essa espuma de “cisne-de-espumas”.

Substância Biodegradável – são substâncias que podem ser decomposta naturalmente por microorganismos que estão no meio ambiente. Exemplo: laranja que apodrece naturalmente, detergentes biodegradáveis.

Substâncias Não-Degradável – são aquelas substâncias que demoram muito tempo para se degradar ou que nunca se degradam. Exemplo: garrafa de vidro, que leva mais de 1000 anos para se decompor.

A maioria dos detergentes e produtos de limpeza são substâncias não-degradáveis, portanto se forem jogados no meio ambiente causam poluição e sérios danos ao ecossistema das águas dos rios, lagos e mares.
Assim como o petróleo, os detergentes também reduzem a penetração de luz na água. Removem a gordura das penas das gaivotas, por exemplo, que são impermeáveis. Desta forma, as aves se molham, afundam e morrem.
index_clip_image004.jpg
index_clip_image004.jpg (12.89 KiB) Visto 769 vezes

Para combater os seres vivos que prejudicam as plantações, o homem utiliza substâncias tóxicas, os agrotóxicos. São fungicidas (para matar fungos) e inseticidas (para matar insetos). Estes agrotóxicos são lançados nas plantações, poluindo os alimentos e o solo. A chuva faz o transporte das substancias tóxicas até os rios, lagos e mares poluindo suas águas. Pode causar sérios danos à saúde se for ingerida pelos seres vivos.
É importante lavar bem os alimentos, frutas e verduras, tanto para se livrar de microorganismos, quanto para tirar parte do agrotóxico que possa conter neste alimento.

A presença de esgotos residenciais, hospitalares e industriais nos rios, lagos e mares aumentam a quantidade de matéria orgânica (fezes, por exemplo) na água, servindo de alimento para as bactérias. E assim, passam a se multiplicar, contaminando a água.
Como essas bactérias respiram, sua proliferação aumenta o consumo de grande parte do gás oxigênio dissolvido na água, provocando a morte (por asfixia) de peixes e outros animais aquáticos.
A água contaminada pode ficar turva, impossibilitando a entrada de luz e consequentemente impedindo a fotossíntese das algas e plantas aquáticas.
O esgoto também pode contaminar os banhistas nas praias, causando doenças.

O tratamento dos esgotos e resíduos tóxicos biodegradáveis ficam em tanques de tratamento enquanto são decompostos por bactérias. Quando a água fica limpa, ela é lançada nos rios.


PRESERVANDO O AR ATMOSFÉRICO


Grandes cidades do mundo, com seus carros e suas fábricas, lançam enormes quantidades de gases tóxicos e partículas sólidas na atmosfera. Esta poluição é uma ameaça à saúde do homem e à vida em geral.
A fumaça que polui o ar vem da queima de combustíveis como:
- carvão, de siderúrgicas, metalúrgicas e etc;
- gasolina, dos automóveis;
- óleo diesel, de fábricas e automóveis;
- madeira, de queimadas das florestas.

Esses combustíveis quando queimados geram toneladas de poluentes, que vão para o ar atmosférico.

Gases Tóxicos

Já existe uma quantidade aproximada definida de gases na atmosfera. Se há excesso de outros gases tóxicos, dizemos que o ar está poluído.

O monóxido de carbono (CO) é um gás inodoro (sem cheiro) e incolor (sem cor) que pode causar a morte. É obtido através da queima de alguns combustíveis que contenham carbono (C).
Quando inspirado, ele chega nos pulmões e vai para o sangue. Penetra no interior das hemácias ou glóbulos vermelhos e combina-se com a substância hemoglobina, que é responsável pelo transporte e distribuição de oxigênio. Causa enfraquecimento dos vasos sanguíneos, náuseas e diarréias. A pessoa submetida à altas concentrações de CO pode morrer de asfixia.

O gás carbônico (CO2) participa de 0,04% da composição total dos gases na atmosfera. É muito importante para a vida na Terra. Auxilia na fotossíntese das plantas.
A concentração deste gás vem aumentando na atmosfera devido à queima dos combustíveis fósseis e derivados.
Este aumento na concentração deste gás pode provocar o efeito estufa.
A radiação solar (luz e calor em forma de radiação infravermelha IV) atravessa a atmosfera, chega na superfície da terra e se reflete. Parte deste calor fica na superfície e outra parte vai para o espaço. Do calor que vai para o espaço, parte atravessa a atmosfera e a outra fica presa na atmosfera. Esse é o efeito estufa, que aquece a Terra. Se há muito gás carbônico, menor é a quantidade de radiação IV que vai para o espaço. Esse calor fica preso na terra, elevando a temperatura. É o que chamamos de Aquecimento Global.

O dióxido de enxofre (SO2) e os óxidos de nitrogênio (por exemplo, o NO2) também aparecem na atmosfera como resultada da queima dos combustíveis fósseis e seus derivados.
Podem causar ardor nos olhos, irritação no nariz, garganta e brônquios.
Na atmosfera, estes gases se combinam com a água da chuva provocando várias reações químicas. Depois voltam à superfície terrestre em forma de chuva ácida, causando sérios danos ao homem e ao meio ambiente.
A chuva normalmente já é ácida, mas com a poluição, ela se torna mais ácida ainda.

Chuva normal (levemente ácida):

H2O + CO2 → H2CO3 formação de ácido carbônico



Chuva Ácida:

H2O + SO2 → H2SO3 formação de ácido sulfuroso

H2O + SO3 → H2SO4 formação de ácido sulfúrico

H2O + NO2 → HNO3 formação de ácido nítrico
A chuva ácida pode destruir as plantações, provoca envenenamento dos rios matando peixes e outros animais marinhos. Corrói carros, monumentos, mármores e casas.

O clorofluorcarbono (CFC) ou gás freon foi criado em 1928 para ser utilizado em refrigeradores, aparelhos de ar condicionado, aerossóis (spray) e para fabricar plásticos porosos.
O CFC, assim como o metano (CH4) pode destruir a camada de ozônio. A diminuição ou o espessamento desta camada pode alterar o clima na terra. Aumenta também a radiação UV (ultravioleta) causando mais casos de câncer de pele nos seres humanos.

O isopor é um material que contém CFC, não é degradável e nem é reciclável. Ocupa muito espaço porque não é muito denso. Também é considerado um agente poluidor do meio ambiente.

Metais Pesados

Metais pesados como o chumbo (Pb), mercúrio (Hg) e cádmio (Cd) são jogados no ar por meio de chaminés, fundições e minas.
A intoxicação por Hg pode causar males ao organismo como inflamação na boca, queda dos dentes, náuseas, cegueira e pode levar a morte.
index_clip_image006.jpg
index_clip_image006.jpg (8.53 KiB) Visto 769 vezes

No Brasil, o Hg é utilizado muito nas zonas de garimpo. Serve para formar uma mistura com ouro (Au), separando-o das impurezas. Logo em seguida, o garimpeiro usa o maçarico para evaporar o Hg e obter o ouro. O Hg evaporado é inalado por este garimpeiro, intoxicando-o. o metal pode passar da atmosfera para a água dos rios contaminando peixes e outros animais consumidos como alimento pelo homem.

Filtrando Poluentes da Atmosfera

Para diminuir a poluição na atmosfera são usado filtros nas chaminés das indústrias. O ar fica mais leve e limpo, portanto, mais apropriado para a respiração dos seres vivos.


PRESERVANDO AMBIENTES


Para manter o meio ambiente é necessário adotar programas de defesa. O governo do Brasil e instituições privadas nacionais e internacionais adotaram alguns destes programas para defender a natureza. São eles:

- criação de áreas para proteção e preservação da fauna e flora;
- tratamento de esgotos de indústrias para diminuir a poluição em rios e mares;
- filtração dos poluentes da atmosfera;
- substituição do gás CFC por outros gases menos poluentes.

Para proteger as muitas áreas naturais, o governo criou várias unidades de conservação, tais como os parques nacionais, as reservas biológicas, as estações ecológicas e as florestas nacionais.

Os Parques Nacionais onde a natureza praticamente não foi alterada pelo homem. Estão abertos para visitação pública. Alguns exemplos de parque nacional são:
- Parque Nacional da Amazônia (PA);
- Parque Nacional de Brasília (DF);
- Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (PE).
index_clip_image008.jpg
index_clip_image008.jpg (21.32 KiB) Visto 769 vezes

As Reservas Biológicas são áreas onde o governo garante a proteção e manutenção de florestas e outras formações vegetais. Serve também para realização de pesquisas científicas. São exemplos de reservas Biológicas:

- Reserva Biológica do Atol das Rocas (RN);
- Reserva Biológica de Serra Negra (PE);
- Reserva Biológica do Poço das Antas (RJ).

As Estações Ecológicas podem ter apenas 10% da sua extensão modificada. E somente para experimentos científicos. São exemplos:
- Estação Ecológica do Taim (RS);
- Estação Ecológica do Jarí (PA);
- Estação Ecológica da Juréia (SP).

As Florestas Nacionais são áreas de grandes recursos vegetais que podem ser explorados por empresas particulares, mas há algumas restrições, alguns limites impostos. Estes limites são decididos pelo governo. São exemplos:
- Floresta Nacional de Passo Fundo (RS);
- Floresta Nacional de Ibirama (SC);
- Floresta Nacional de Passa-Quatro (MG).


EXPLORANDO O AMBIENTE SEM DESTRUÍ-LO


Quase tudo o que necessitamos vem da natureza. Os alimentos, os metais, a água, a madeira, os animais. Estes são, portanto, os recursos naturais.

Recursos Naturais Renováveis são aqueles que podem ser repostos na natureza. Quando colhemos um vegetal para a alimentação, podemos plantar outro em seu lugar para substituí-lo. Assim acontece com as árvores, através do reflorestamento. São também recursos naturais renováveis, os animais.

Recursos Naturais Não-Renováveis são aqueles que depois de serem retirados da natureza não tem como repor. Muitos destes recursos correm o risco de acabar. É o caso dos minerais, do petróleo, do carvão.
Para conter o esgotamento deste tipo de recurso natural há algumas medidas básicas:

- planejar cuidadosamente a extração e utilização dos recursos;
- evitar a exploração em excesso;
- pesquisar novas fontes alternativas para substituir os recursos.


SANEAMENTO BÁSICO E SAÚDE PÚBLICA


Saneamento Básico é a manutenção da limpeza de um determinado local para garantir a higiene necessária para a saúde da população.
É também a manutenção de postos de saúde que disponibilizam vacinas à população para o combate de doenças.

O saneamento básico consiste em:

- tratamento da água;
- tratamento de esgoto;
-uso de encanamentos da água tratada para a distribuição nas casas e indústrias;
- canalização do esgoto;
- coleta e tratamento do lixo;
- vacinação;
- realização de campanhas em defesa da saúde pública contra as doenças.

Lixo

Em algumas cidades do Brasil, não há rede de tratamento de esgotos ou de coleta de lixo. Ainda há muitos casos de doenças provenientes da falta de saneamento básico.
Algumas medidas podem ser adotadas pela população para evitar que as doenças se espalhem, como por exemplo:

- não deixar lixo espalhado no chão, nem em recipientes descobertos;
- aterrar poças de água e valas onde acumulem água;
- não atirar lixo e restos de comida em terrenos baldios;
- construir fossas sanitárias onde não há rede de esgoto.

Até o fim dos anos 90, o Brasil produzia cerca de 80 mil toneladas de lixo por dia. Apenas metade deste lixo era coletada. Das 40 mil toneladas coletadas, uma parte é encaminhada para os aterros e outra parte vai para os lixões à céu aberto. O restante fica na beira de rios e córregos.

A coleta e o destino dos lixos é um grande problema, ainda mais nas grandes cidades, que geram toneladas de lixo por dia. O crescimento da população e o aumento de materiais que não degradam, como os plásticos, só pioram a situação.

Para descartar o lixo produzido há aterros sanitários, onde ele é lançado ao solo, em camadas comprimido por tratores e cobertas com terra.
index_clip_image010.jpg
index_clip_image010.jpg (9.32 KiB) Visto 769 vezes

A incineração (queima) também é uma boa medida. Mas deve-se usar filtro de tratamento para não poluir o ar atmosférico.
O lixo pode ser reciclado. Há uma parte que apodrece (lixo orgânico, como restos de comida), que pode servir como adubo orgânico. E a parte que não apodrece (lixo inorgânico, seco, como plásticos, vidro, latas. papel) pode ser reaproveitada pelas indústrias para a fabricação de novos produtos.

Reciclar o lixo orgânico é uma atitude ecologicamente correta porque colabora na diminuição da quantidade de lixo produzido e ainda ajuda no retorno da matéria orgânica ao solo, que fica enriquecido.

Um dos resíduos mais tóxicos que estamos habitualmente em contato é o mercúrio, que está presente nas pilhas e baterias. Este metal pesado, quando descartado enferrujam. Com o enferrujamento, as pilhas abrem fazendo com que vaze o mercúrio e também outro metal tóxico, o cádmio. Assim, poluem o solo e também as águas. Hoje já existem postos de coletas deste material para possível reciclagem para não poluir o meio ambiente.
index_clip_image012.jpg
index_clip_image012.jpg (3.89 KiB) Visto 769 vezes


SoQuimica
 
V!TiNh0 Escreveu:Nossa cara , nao sei porque mais me deu uma preguiça tão grande pra ler TUDO ISSO ! *-*


Nossa cara mas não sei porque me deu uma preguiça tao grande de excluir seu comentário.

Se não vai ler, não comenta ué
 
realmente temos que preservar a natureza, mas, a pior raça que existe somos nós... os seres humanos que só pensam em dinheiro.

NerdBB.com # bitch-plz


NerdBB 4fun 6 - [200.98.214.107:27036]

_________________

O tempo não volta. O que volta é à vontade de voltar no tempo.