•  
     

real madrid

Foi assim que Cristiano Ronaldo superou Puskas como quarto maior goleador da história do Real Madrid

Imagem
Aqui podes ver os dois golos do português ao Schalke, que lhe permitiram chegar aos 243 pela equipa branca.

Cristiano Ronaldo continua a escalar posições na tabela dos maiores goleadores da história do Real Madrid, estando já no quarto lugar. O "bis" que assinou frente ao Schalke permitiu-lhe chegar aos 243, ultrapassando os 242 de Puskas. O português necessitou de cinco temporadas para chegar a esta posição e apresenta uma média superior a um tento por jogo. À frente de Ronaldo estão Raúl (323 golos), Di Stéfano (308) e Santillana (290).

O actual Bola de Ouro apenas necessitou de 236 jogos pelo Real Madrid para ultrapassar Puskas. O húngaro efectuou 262 partidas para estabelecer o seu registo de 242 golos, tendo mantido uma média notável de 0,9 por encontro.

Cristiano Ronaldo começou a demonstrar a sua capacidade goleadora no dia da estreia, a 29 de Agosto de 2009 frente ao Deportivo, quando contribuiu com um tento para a vitória por 3-2 no Santiago Bernabéu. A facilidade do português para bater recordes levou a que o seu nome surja entre os melhores da história do clube em menos de cinco anos.

Recorde pessoal de golos numa Champions
Com o "bis" que assinou diante do Schalke, Cristiano Ronaldo chegou ainda aos 13 golos nesta Champions League, tendo estabelecido um novo máximo pessoal nesta competição. O avançado madridista vive a sua edição mais concretizadora da prova, tendo melhorado os 12 golos de 2012/13. O saldo goleador de Cristiano Ronaldo na Champions League divide-se entre os 48 golos como madridista e os 15 pelo Manchester United.