•  
     

Saiba como se prevenir contra roubos e furtos de smartphones.

Comprou ou ganhou um smartphone no fim do ano e está com medo de ser roubado? Infelizmente ninguém está livre de um imprevisto como esse, mas algumas atitudes podem evitar uma grande dor de cabeça. Pensando nisso o TechTudo reuniu algumas dicas para você proteger o seu gadget novinho das mãos de bandidos e andar mais tranquil pelas ruas.

Imagem

Seguro para telefones

Engana-se quem pensa que somente carros, motos e imóveis possuem cobertura de seguros antifurto. Algumas companhias também oferecem seus produtos para smartphones e tablets. Entretanto, antes de assinar esse tipo de proteção, é preciso ficar atento a alguns detalhes como valor e cobertura do plano.

No geral, a taxa anual de um seguro para smartphone varia de 10% a 15% do preço do aparelho, podendo ser ser dividida em até 12 vezes. Caso seja assaltado, o consumidor terá que desembolsar outra quantia de 10% a 20% do valor do celular para receber um novo. O serviço pode ser contratado junto a algumas operadoras, como a Vivo, Claro e Tim, ou diretamente nas seguradoras.

Outro ponto que merece a atenção é que nem tudo é coberto pelos seguros para smartphones. Por exemplo, a maioria dos planos não oferece indenização para furtos simples, causados por descuido do dono do aparelho, e nem para todos os tipos de danos acidentais. Dessa forma, fique atento às cláusulas do contrato antes de assinar o serviço. Para saber mais, confira esse tutorial do TechTudo.

Aplicativos de rastreamento

Se você é capaz de tudo para recuperar seu smartphone roubado, calma, existem aplicativos que podem ajudar nessa missão. Tratam-se dos apps de rastreamento, que localizam o seu gadget através de sinais GPS. Esses softwares possuem diversas funções que vão desde a simples localização e bloqueio do celular roubado até o envio de mensagens para os seus contatos.

Imagem

Se você tem um iPhone ou aparelho com Windows Phone, não precisa instalar nada para rastreá-los. Para procurar o smartphone da Apple, basta criar uma conta no iCloud, cadastrar o seu aparelho e acessar a função “Buscar meu iPhone”. Já para celulares com o sistema operacional da Microsoft, é necessário acessar o site do Windows Phone com a sua Microsoft ID e, em seguida, clicar na opção “Localizar Meu Telefone”.

Ao contrário dos rivais, o Android não tem um recurso nativo de rastreamento. Sendo assim, é
preciso instalar aplicativos de terceiros para localizar o seu celular. Uma dica é utilizar a versão mobile de antivírus conhecidos, como o McAfee, AVG e avast!. Porém, há diversas alternativas pagas e gratuitas, como o Life360, disponíveis na Google Play.

Para saber mais sobre como rastrear o seu iPhone, Android ou Windows Phone roubado ou perdido, acesse esse tutorial completo do TechTudo!

Prevenir ainda é a melhor escolha

Já procurou um seguro para o seu smartphone e baixou um aplicativo para rastreá-lo? Ótimo! Mas isso não vai adiantar muita coisa se você não tomar certos cuidados. Em locais públicos movimentados ou em grandes aglomerações, evite mexer no celular ou deixá-lo nos bolsos de trás da calça ou na mochila. Já em ruas desertas, redobre a atenção aos indivíduos com atitudes suspeitas.

Por fim, vale reforçar: nunca esqueça seu celular em cima da mesa ou o deixe sozinho dentro da mochila. Caso ele seja roubado nessas circunstâncias, dificilmente você terá cobertura do seguro contratado. Outra dica é levar aquele aparelho velhinho para locais com alto risco.

Uma forma rápida de descobrir o IMEI do seu
aparelho é discar *#06#


Fui roubado, e agora?

Se você não conseguiu evitar um assalto, há medidas que podem dificultar a vida de quem estiver com seu aparelho. A primeira delas é fazer um Boletim de Ocorrência (B. O.) na delegacia policial mais próxima ou então pela Internet, para estados que oferecem esse recurso. O documento será necessário para resgatar a indenização da seguradora e também para ajudar a polícia a mapear a criminalidade na região.

Outra medida importante é bloquear o aparelho através do IMEI, que nada mais é do que um código de identificação do celular. Para localizá-lo, basta olhar a caixa do seu smartphone, o adesivo da bateria ou digitar a sequência *#06# para que o número apareça na tela do dispositivo. Se você ainda puder, mantenha este número guardado para este tipo de ocasião. Fazendo isso, o seu aparelho terá o acesso a rede telefônica bloqueado e não poderá fazer ligações ou acessar a Internet 3G.

Fonte:
 
Ai sim em HASUHUASH