•  
     

seleção brasileira

Neymar apoia manifestações no
Brasil: 'Entro em campo inspirado
Em rede social, atacante publica sua defesa pela mobilização do povo:
'Também quero um Brasil mais justo, seguro, saudável e honesto'
Principal nome da seleção brasileira, o atacante Neymar seguiu os passos de Daniel Alves, Hulk e David Luiz e manifestou nesta quarta-feira seu apoio aos protestos realizados no país nos últimos dias nas ruas das principais capitais do país.

Em um longo texto postado em seu perfil no Instagram, acompanhado por uma foto da bandeira do Brasil, o camisa 10 da Seleção afirmou que vai entrar em campo contra o México, às 16h, nesta quarta-feira, inspirado pela mobilização da população. Ele lembrou sua infância humilde e se preocupou em evitar o tom de demagogia, agora que recebe salários astronômicos por su sucesso no futebol.

- A única forma que tenho de representar e defender o Brasil é dentro de campo, jogando bola... E a partir deste jogo, contra o México, entro em campo inspirado por essa mobilização - escreveu o jogador.
Imagem

Em Fortaleza, um protesto reúne mais de 15 mil pessoas perto da Arena Castelão, onde será realizada a partida. A polícia tenta neste momento conter os manifestantes, que, entre os argumentos, criticam os gastos vultuosos com a Copa do Mundo, que passam de R$ 27 bilhões. Antes da estreia do Brasil, sábado, em Brasília, contra o Japão, um grupo também marchou em direção ao Mané Garrincha. Mesmo pacífica, a ação terminou em confronto com a PM.

Confira o texto na íntegra:

"Triste por tudo o que está acontecendo no Brasil. Sempre tive fé que não seria necessário chegarmos ao ponto de 'ir para as ruas' para exigir melhores condições de transporte, saúde, educação e segurança, isso tudo é OBRIGAÇÃO do governo... Meus pais trabalharam muito para poder oferecer para mim e para minha irmã um mínimo de qualidade de vida... Hoje, graças ao sucesso que vocês me proporcionam, poderia parecer demagogia minha - mas não é - levantar a bandeira das manifestações que estão ocorrendo em todo o Brasil. Mas sou BRASILEIRO e amo meu país!! Tenho família e amigos que vivem no Brasil!! Por isso também quero um Brasil mais justo, mais seguro, mais saudável e mais HONESTO!!!! A única forma que tenho de representar e defender o Brasil é dentro de campo, jogando bola... E a partir deste jogo, contra o México, entro em campo inspirado por essa mobilização... #TamoJunto"
Imagem

O técnico Luiz Felipe Scolari também comentou a onda de críticas, na última terça-feira, e ofereceu "total liberdade" aos jogadores que quisessem se posicionar a respeito.

- A Seleção é do povo. Somos do povo. Acho que estamos dando a eles aquilo que eles mais esperam de nós: que o time vá crescendo e possa representar o Brasil. Esse é nosso trabalho e é isso que estamos fazendo. Não temos interferência nas outras áreas. É comum e normal numa democracia que se aceitem as demonstrações e situações sejam recebidas e percebidas pelo nosso governo ou pessoas envolvidas. Tomara que continuem a ser pacificas, democráticas, normais. É o que nós queremos - disse, emendando na sequência:

- Os jogadores têm total liberdade para opinarem sobre qualquer assunto, desde que cada um assuma sua responsabilidade. As manifestações dos atletas são interessantes porque me parece que essa alienação que é imposta aos nossos profissionais está deixando de existir.


http://globoesporte.globo.com/futebol/selecao-brasileira/noticia/2013/06/neymar-apoia-manifestacoes-no-brasil-entro-em-campo-inspirado.html