•  
     

Serra Leoa isola parte da capital após aumento de casos de Ebola

Serra Leoa isolou um bairro da capital, Freetown, após um aumento no número de casos de Ebola, num revés para o país mais gravemente atingido pelo vírus, disse nesta sexta-feira (13) um funcionário da equipe de resposta montada pelo governo.

Funcionários de saúde foram mobilizados para conduzir inspeções casa a casa em Aberdeen, um bairro na ponta da península de Freetown, onde densas favelas ficam ao lado de restaurantes caros e hotéis populares entre estrangeiros.
"Houve um aumento repentino no número de casos. Trata-se efetivamente de uma quarentena lá, que tipicamente duraria 21 dias", disse OB Sisay, diretor da sala de operações no Centro Nacional de Resposta ao Ebola.
Os dados mais recentes do centro mostraram na quarta-feira (11) o surgimento de seis novos casos de Ebola confirmados em Aberdeen. Sisay estimou haver entre 1.200 e 2.000 pessoas em Aberdeen que potencialmente tiveram contato com os indivíduos infectados.

Fonte: Globo