•  
     

Tunando seu Sistema Operacional - Parte 1

Salve Galera da NerdBB.

Há muito tempo que trabalho na área de Tecnologia e ao longo desses anos achei muita coisa útil na internet e aprendi a modificar algumas características do Sistema Operacional para melhorar o seu desempenho. Todos os procedimentos que vou descrever abaixo foram testados e devem ser feitos com muito cuidado, pois mecher no Registro/Configurações do seu Sistema Operacional erroneamente, podem quebrá-lo, então aconselho muita atenção. Caso tenham dúvidas fiquem a vontade para questionar. Como já faz muito tempo, não me recordo das fontes, mas caso alguém veja, receba seus créditos pela descoberta.

1-) Habilitando o Cache L2 para utilização no Sistema Operacional.

Seu processador possui 3 tipos de memórias cache dentro dele, a memória L1, que armazena todos os dados de rotina (Inicialização do Sistema Operacional, barramento, etc) a memória L2, que é uma memória criada para auxiliar a L1 e possui um tamanho maior. Aumentar o cache da L1 causaria extrema lentidão ao invés de acelerar o processo guardando instruções das rotinas mais executadas pelo processador, pois quanto maior o cache, mais tempo o processador gasta procurando instruções, e para a solução deste problema, a memória L3, que é um cache compartilhado entre os núcleos, presente nos processadores mais recentes.

Bom, vamos ao que interessa ;)

Primeiro, baixe o programa CPU-Z. Este programa traz informações bem detalhadas sobre todas as características do seu processador (clock, velocidade, multiplicador, etc), placa-mãe (modelo, versão, chipset), memória (numero de serie, clock, tamanho)

http://www.cpuid.com/softwares/cpu-z.html

No site você encontra versões 32bits ou 64bits e também a opção instalável ou portátil.

Após baixar, extraia os arquivos e execute o CPU-Z. Na aba CPU, você poderá visualizar todas as características do seu processador, inclusive o que nos interessa, a memória cache L2.

Muito bem, agora abra o executar (Iniciar -> Executar ou Pressione a tecla Windows + R) e digite "regedit".

Pressione a tecla "F3", digite no campo de pesquisa "SecondLevelDataCache", habilite todos os 4 quadrados e aperte Enter

Quando ele aparecer a chave de registro, clique com o botao direito sobre ela, Modificar, Selecione "Decimal"
e digite exatamente o valor que aparece no campo L2 do CPU-Z, no meu caso é 2048KB, ou seja, colocarei apenas
2048, sem o "KB". Após, repita os passos até ele aparecer pesquisa concluída. Será necessário alterar 3 vezes.

Pronto, seu windows estará usando a memória cache L2 do seu processador e garanto que isso tornará a performance do seu Desktop muito melhor.

Qualquer dúvida relacionada ao processo, sintam-se a vontade para perguntar.

Abraços
 
Dando continuidade a série de Tuning, vou postar outra dica hoje.

Iremos personalizar a velocidade com que o Menu Iniciar irá abrir. Por padrão ele vem com espera após um clique de até 400s. Para quem não quer esperar todo esse tempo, siga os passos abaixo.

As dicas que estão sendo citadas aqui funcionam perfeitamente em Sistemas Operacionais Windows 2000/XP/Vista/7 e Windows Server 2003/2008.

Abra o Menu Iniciar, Executar ou se quiser, Pressione e segure a tecla "Windows" do seu teclado e aperte a letra "r".

Digite "regedit".

Navegue até "HKEY_CURRENT_USER -> Painel de Controle -> Desktop". Apenas selecione "Desktop". Do outro lado irão aparecer diversas chaves, procure por "MenuShowDelay", clique duas vezes ou botão direito -> Modificar, apague o valor e coloque "0" (zero) no lugar.

Após, feche o regedit e teste se o seu menu iniciar ficou mais rápido.

Qualquer dúvida em relação aos processos citados, mandem mp que eu respondo.

Abraços
 
BELO TOPICO LEVAR MEU LIKE
 
ah mano tenho medo de fazer esses trem e foder com meu pc =/ mais bem topico !!!!