•  
     

Windows 8 Developer Preview

O Developer Preview é uma versão pré-Beta do Windows 8, destinada especialmente, mas não exclusivamente, a entusiastas do sistema operacional. Ontem (13), a Microsoft mostrou o sistema operacional em detalhes durante a BUILD, conferência especial para desenvolvedores e parceiros.

A próxima versão do Windows não começa do zero. Ela vem sendo desenvolvida a partir do que deu certo no antecessor e com melhorias: mais recursos de segurança, inicialização mais rápida e maior duração de bateria em portáteis.

Logo na configuração inicial, o Windows 8 vincula o novo usuário à sua conta da Microsoft. Isso significa que os seus aplicativos vão acompanhá-lo mesmo em um computador diferente. É como se cada conta de usuário fosse o seu computador, sempre portátil e disponível.

Agora, aqueles mais ansiosos que já querem conhecer as novidades que vêm por aí podem experimentar as funcionalidades e os recursos do novo sistema, que vai rodar em qualquer computador, mas foi pensado especialmente para telas de toque.
Nova interface

Essa é a mudança mais sensível em relação às versões anteriores. O Windows 8 apresenta uma nova interface, ao estilo Metro: um layout limpo, simples e personalizável com animações que deixam o computador mais interativo.
45683.jpg


De início, o usuário se depara com a nova tela "Start", com os mosaicos característicos da Metro UI. Os quadrados são dinâmicos, quer dizer, sempre atualizados. Por exemplo, o aplicativo de tempo e temperatura, que mostra o clima de qualquer cidade em tempo real.

Não falta integração com programas Windows Live. É muito simples integrar a sua conta com o sistema operacional. O compartilhamento de conteúdo também é bastante facilitado. Por exemplo, se você quer enviar imagens por email, pode pegá-las do Facebook, do Flickr e do seu disco rígido a partir de uma única tela.
89171.jpg


É possível reorganizar o mosaico como você preferir, bastando arrastar os quadrados para onde você quiser. Qualquer atalho pode ser facilmente removido, ao clicar com o botão direito sobre ele e marcar "Unpin".

A barra de buscas internas foi reformulada. Sempre que o usuário digitar alguma palavra para buscar aplicativos ou documentos, poderá contar com filtros para refinar as pesquisas e facilitar o acesso a determinados arquivos.
Compatibilidade com o Desktop do 7

Apesar de todas as modificações da interface Metro, o Windows 8 terá compatibilidade com seu antecessor. A Área de trabalho continua com a mesma cara: o papel de parede é o mesmo, a Barra de tarefas segue o padrão e os ícones também são idênticos.

A primeira mudança notável é no botão do Menu Iniciar. Deixando o cursor do mouse sobre ele, abre-se um relógio e um menu com atalhos para configurações, dispositivos, compartilhamento e busca.

A segunda modificação sensível é que, por padrão, todas as janelas do sistema têm o padrão Ribbon, do Office. Há sempre ferramentas disponíveis, dependendo do arquivo ou pasta que o usuário seleciona. Essa barra é facilmente escondida por uma simples seta, assim, quem não gosta do recurso não precisa lidar com ele sempre.

Há também modificações sutis na Barra de títulos. Os ícones estão ainda mais caprichados, e agora o texto é centralizado. Há muito capricho também na janela do Gerenciador de tarefas. Ela utiliza cores para que as informações sejam compreendidas com mais facilidade pelo usuário. Quanto mais pesado um processo, mais forte é a cor dele, assim, ele está sempre destacado. Há muitos gráficos que esclarecem o uso de processador, memória, disco e conexões de rede.
82286.jpg


Para quem usa mais de um monitor, é possível configurá-los para que exibam, ao mesmo tempo, a nova tela "Start" e o já conhecido desktop do Windows 7. O Windows 8 também se adapta facilmente a qualquer resolução , o que ajuda aqueles usuários que usam um monitor mais antigo.
Internet Explorer 10

O Internet Explorer 10 está muito diferente no ambiente Metro. A barra de endereço agora está localizada na parte de baixo e há poucos botões. Para ganhar ainda mais espaço, é possível escondê-la. Assim, a tela é preenchida totalmente com a página exibida. O clique com o botão direito do mouse serve para adicionar novas abas. Um detalhe bastante agradável são as notificações, como quando um download é concluído.

É um exemplo do conceito proposto pelo novo Windows em relação aos aplicativos. Eles serão executados em tela cheia, adaptando-se às mais variadas resoluções, desde telas de tablet até grandes monitores.
74026.jpg


Reset em um botão

É possível restaurar o Windows 8 ao estado original de diferentes maneiras. O usuário pode executar um reset convencional, que é mais simples e mantém arquivos e documentos. Porém, há opções novas e mais avançadas.

Por exemplo, o reset completo, o qual restaura o computador ao estado original. É possível também criar um disco especial, ideal para os usuários que investiram muito tempo na personalização e configuração de sua máquina.
Atualizações

O Windows 8 é capaz de instalar atualizações quando o computador não é utilizado. A promessa é a de que os usuários recebam muito menos notificações a respeito de manutenção, atualizações ou reinicializações. De acordo com a Microsoft, não haverá interrupções com frequência, e o computador vai funcionar normalmente mesmo ao instalar o que for necessário.
Touchscreen

O Windows 8 funciona em computadores convencionais e em tablets. Logo, todos os aplicativos, serviços e sistemas internos são compatíveis com toques na tela. O teclado virtual integrado é simples e oferece teclas grandes para evitar problemas referentes à digitação. Tarefas como copiar e colar são muito facilitadas com o suporte do novo sistema.
47499.jpg


Windows Store

Já era sabido que o Windows 8 contaria com uma loja de aplicativos. E é bastante simples enviar os softwares criados para ela. Mas há um detalhe interessante: antes de serem divulgados e disponibilizados para o público, os programas precisam passar por uma avaliação da própria Microsoft, o que deve prevenir a presença de arquivos infectados.

O acesso à loja é facilitado por um atalho na interface Metro. Os aplicativos são organizados por gêneros e preços, com screenshots, descrição e análise de usuários, como acontece no Android Market e na AppStore. Vale ressaltar que a Windows Store ainda não está acessível para os usuários.
Não é só toque

Apesar de enraizado em ambientes de toque, o Windows 8 vai rodar em qualquer computador, independente da arquitetura utilizada pelos processadores (x86, x64 ou ARM). E é por isso que ele poderá ser instalado em notebooks, desktops, tablets e até mesmo a partir de um pendrive.

Em um notebook antigo, vendido originalmente com Windows 7, o boot levou apenas oito segundos; outro portátil, mais potente, inicializou o sistema em apenas dois segundos. Monitores de qualquer resolução podem ser utilizados. Dependendo do tamanho da tela, o sistema operacional é alterado automaticamente para se adaptar melhor às limitações impostas.
USB 3.0, NFC e canetas stylish

O Windows 8 tem compatibilidade nativa com a tecnologia USB 3.0, o que garante a transmissão e transferência de dados com bastante velocidade.

Se o tablet ou computador for equipado com sensores NFC, rapidamente podem ser feitas análises de produtos e outros aparelhos que contem com a mesma tecnologia.

Canetas stylish podem ser utilizadas para desenhos ou mesmo para escrever, pois o sistema identifica rapidamente os caracteres escritos. Isso pode ser utilizado diretamente na tela (pelo touchscreen) ou por mesas digitalizadoras.
Acesso remoto e virtualização

O sistema de acesso remoto a computadores foi remodelado. Com mais dinamismo nas comunicações, as máquinas podem ser controladas com muita facilidade, incluindo a compatibilidade com o touchscreen.

Dependendo das configurações utilizadas, é possível ter acesso a listas de processos e várias outras informações mais avançadas. A virtualização também foi melhorada, permitindo que imagens ISO abertas nos computadores possam ser utilizadas como unidades separadas.
Versões para download

Atualmente, há três versões diferentes do Windows 8 Developer Preview, como você confere a seguir.
32 bits (x86)

Após clicar em “Clique para baixar”, você vai fazer o download da versão de 32 bits do Windows 8, que tem 2,8 GB. Ela inclui uma imagem no formato ISO.
64 bits (x64)

Caso prefira, clique aqui e faça o download da versão de 64 bits, que também está no formato ISO. O download tem 3,6 GB.
64 bits com Developer Tools (x64)

Esta versão inclui uma série de ferramentas, a saber:

Windows SDK para aplicativos em Metro Style;
Microsoft Visual Studio 11 Express;
Microsoft Expression Blend 5 Developer Preview;
28 aplicativos Metro Style, incluindo o BUILD.

Clique aqui para baixar esta versão. A ISO tem 4,8 GB.
Observações importantes

Os softwares que fazem parte desta versão do Windows 8 podem ser modificados sem prévio aviso. O sistema operacional é oferecido “as is”, e o usuário assume o risco de utilizá-lo, uma vez que ele pode não ser estável. O Windows 8 pode não operar corretamente e diferentemente da maneira que a versão final se comportará.

Fonte : http://www.baixaki.com.br
 
Hoje na escola eu e meu colega estamos falando sobre o mesmo, so que é muito complicado de se mecher! A interface é muito grande!
 
ñ entendi anda mais ta bom.
 
Minha opinião é que essa miscelânia de tecnologia irá resultar em uma nova fase
Talvez será chamada: Idade Pós Moderna ou Idade da descoberta tecnológica, Afinal o que nós sabemos de tecnologia para o universo?
 
sekicka para de flooda vo te bani k'